Grupo Cidade de Comunicação

Radar Prateleiras disponibiliza estoque de álcool e outros produtos em farmácias durante pandemia

Com a notificação dos primeiros casos do novo coronavírus no Ceará, iniciou uma corrida a farmácias que comercializam álcool gel e máscaras. Diante da dificuldade das pessoas para encontrar esses e outros produtos, como luvas e Vitamina C, um grupo de desenvolvedores criou o Radar Prateleiras. Em funcionamento desde sábado, 21, e com mais de 15 mil acessos contabilizados, a plataforma disponibiliza à população um mapa dos locais que contam com os itens no estoque.

O desenvolvedor web, João Pedro Moreira de Oliveira, explica que a ideia surgiu após uma conversa com o amigo e engenheiro de software, Vitor Nery. “A iniciativa surgiu depois que a gente percebeu a escassez de álcool gel, em Fortaleza. Além de ajudar a pessoa a encontrar o item e outros de uma forma rápida, evita a circulação e aglomeração de clientes em farmácias”, explicou.

Por enquanto, o Radar Prateleiras é disponibilizado por um site, mas em duas semanas será possível acessar informações via aplicativo. Para utilizar o serviço, basta digitar www.radarprateleiras.com.br no navegador e clicar em compartilhar localização. Em seguida, será aberto um mapa de locais mais próximos a sua casa com disponibilidade dos produtos em estoque.

Já para sugerir locais em que constam os itens, basta acessar o Instagram Radar Prateleiras e deixar uma mensagem com a informação ou por meio de ícone do WhatsApp encontrado no site.

Mas para que o serviço, que gera custo aos desenvolvedores, continue, o apoio das pessoas é fundamental. O projeto iniciou com o crédito custeado pelos próprios idealizadores de R$ 1mil e quase R$ 800 já foram gastos com os acessos registrados. João Pedro detalha como funciona o investimento.

“A gente utiliza o Maps da Google na plataforma. Mas a gente só direciona para ele só aparecer em locais com disponibilidade de estoque. A pessoa encontra informação de endereço, nome, tipo do produto, contato, horário de funcionamento etc. Pra realizar esse processo, é necessário ter acesso ao Google Cloud, o que gera um custo”, completa.

A partir de agora, os desenvolvedores estão realizando uma campanha, via Pic Pay e Vakinha virtual, para levantar recursos e continuar com a plataforma.

A campanha será divulgada no Instagram @radarprateleiras

Acesso à plataforma Radar Prateleiras pelo site: www.radarprateleiras.com.br

Informações:
João Pedro Moreira de Oliveira, desenvolvedor web.
Contato: (85) 99818-7574

Vaquinha: bit.ly/apoiaseradar
Picpay: 
bit.ly/picpayradar